Seguidores

domingo, 3 de abril de 2011

Delírio Cósmico ( Poema Galileano)

5 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Caro Júlio. Estonteante. Sugiro um sub-título: Galileu.
    Abs circulares.

    ResponderExcluir
  3. Obrigado, meu geológico "parceiro virtual".
    Vou adaptar a sua sugestão.
    Abraços galileanos!

    ResponderExcluir
  4. O concretismo está fenomenal. Vou distribuir para os amigos, pois a Terra gira em seu próprio eixo e na cabeça do geólogo. E a cabeça do geólogo também gira e ele acaba meio "gira" e perdendo seu próprio "eixo" com tantas dúvidas e mistérios insondáveis.
    Leia meu Goethe em http://ditosbemditos.blogspot.com/2010/12/wolfgang-von-goethe-1739-1842.html

    ResponderExcluir
  5. Obrigado, Luia Alfredo!
    Vou lá dar uma conferida no seu blog.
    Abraços poéticos!

    ResponderExcluir

Muitíssimo obrigado pela sua visita.