Seguidores

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Himalaia

Tortuosos sofrimentos
Sobre os pensamentos
De quem sabe demais...
Ele erigiu as montanhas
Mais altas do mundo
Pra avistar o “SOBRE TUDO”,
E não ver ninguém...
Ele toca o céu
Com os dedos
E vibra em segredos
Com a maravilhosa sensação.
Terapeuticamente
Ele fica isolado
De notícias corruptivas
Da superpopulação.
Seu passatempo
É viajar no templo
Do seu privativo habitat.
Suas lágrimas em neves
Matam os vermes
Que ousam se aproximar.
Sua filosofia
É a clareza da escuridão.
Seu amor
É a experiência da solidão.
Monte Everest
É o seu paradoxal coração.
Viva o Himalaia!
Abençoado sempre esteja,
E que o “Absoluto” proteja
A excentricidade do seu ser.
Viva a evasão perfeita
Do bom anacoreta
Que não quer ser
Careta social!
Viva a singularidade de todo grande ser!


segunda-feira, 29 de agosto de 2011

AVAÍ F.C.



Direto da ilha da magia,
Além das belezas naturais,
Há um time que contagia
Os manezinhos locais.

1° de setembro de 1923,
Eis a sua fundação.
E pra se firmar entre os ilustres,
De cara sagrou-se campeão.

Estou falando do time da Ilha
Que tem a maior torcida apaixonada.
Que jamais perde a trilha
Do belo estádio da Ressacada.

Ser avaiano aqui na Ilha
É cultura e vibração.
No estádio ou com radinho de pilha,
O torcedor está com o Leão.

domingo, 28 de agosto de 2011

sábado, 27 de agosto de 2011

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

terça-feira, 23 de agosto de 2011

A Verdade é Amar (Simples Poesia)


Como é gostoso viver
Quando se tem a percepção
Do privilégio que é poder
Estar aqui nesse planeta encantado.
É grandioso respirar,
Enxergar,
Escutar,
Caminhar...
E sentir a perspectiva
Das inúmeras possibilidades
E surpresas que a vida nos encaminha...
Nesse paraíso terrestre,
O amor não passa despercebido.
Disse um Grande Mestre:
“Descobrireis a verdade
E a verdade vos libertará.”
Logo, a verdade é amar.
Como é mágico ver sorrisos,
Ainda que entre tantos choros
E tristezas.
Como é bom sonhar e realizar,
Sonhar e realizar
E assim sucessivamente.
É realmente uma benção
Poder estar aqui,
Nesse exato momento,
Mesmo sabendo que existe
Inúmeras maldades assombrando a terra.
Mas o amor e a bondade estão em cada um
Para vencer essas tristes moléstias.
Um dia, a vida em harmonia,
Há de triunfar.
Pois vamos entrar em sintonia
Com a simples poesia
De viver ao lado do bem.
Porque o bem, no final,
Afinal, sempre vence o mal...

domingo, 14 de agosto de 2011

Amor Unigênito


Realismo fantástico?!
Abençoada magia?!
Doce Fascinação?!
Difícil classificar a consideração de um pai amoroso
Pelo seu filho;
Sei que existe uma ênfase de amor incondicional.
Nesse amor real
Está contido a pureza do sagrado.
Difícil de explicar
De onde vem esse sentimento
Tão intenso, puro e agradável.
Amor, esse, que suplanta
A vaidade do amor próprio;
E atinge o grau máximo de excelência.
Certamente isso é uma coisa
Que vai de encontro ao divino.
Quem tem um filho amado,
Percebe a quintessência desse amor.
É bom demais curtir
O êxtase da paternidade;
É nesse momento que eu
Deixo de ser ateu
E percebo a existência do Pai celestial;
O mesmo que nos legou
O mistério insondável da vida.
Porque não há nada, nesse mundo,
Que exemplifique tão bem
A existência de Deus Pai
Do que o transcendental amor unigênito.

sábado, 13 de agosto de 2011

Tristeza Abissal nos Países Miseráveis


...Eu choro com a criança
Que acaba de nascer.

Eu choro por aquele
Que não tem o que comer.

Eu choro pela  multidão que chora
Por não ter direito a viver.

Eu choro de raiva e de vergonha
De nós, ditos, “seres humanos”.

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Quem Vê Só Cara...


Quem vê  só  cara
Fica de cara
Diante do
Superveniente.

Quem vê coração
Vê a alma da cara.
Logo  fica antenado
Na intenção da emoção.


sábado, 6 de agosto de 2011

Doce-Amarga-Menina


Entre um gole de qualquer coisa
E uma tragada do legalizado,
Eu penso em te esquecer.
Mas...

Maldita- bem-dita- menina!
Porque me fascinas
Tanto assim?
Você ainda será o meu fim.

Você me deixa tão feliz,
A priori.
Mas depois,
Me deixa na maior deprê.

Odeio você!
Mas paradoxalmente, adicto,
Te quero o tempo inteiro.
Você é o meu ilusório lenitivo.

Sem você
Não me sinto ativo.
Sem você, em crise de abstinência,
Eu não consigo me controlar.

Estou à mercê do seu domínio.
Venha logo doce-amarga-menina;
Na minha veia,
No meu aspirar.

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

360°



Minha cabeça gira a 360°
Diante desse planeta caos.

Minha mente, descaradamente, mente
Ao deduzir que eu sou feliz plenamente.

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Só Risos Pro Amor

 

Sorria! Sorria! Sorria!
Hoje o amor
Acordou assim:
Sorrindo pra mim;
Sorrindo pra ti;
Sorrindo pra nossa vida.

Enfim.
Já fazia um bom tempo
Que o amor
Andava de mau humor
Com a gente.
Agora, é só risos.

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Versos Funestos


A vida é um graveto
A deriva
Num oceano minado
De redemoinhos

A vida é uma folha seca
De outono
Que paira no ar
Ao sabor do vento

A vida é uma droga viciante
Extraída de  flor aromática
Que entorpece
A mais pura ilusão


A vida é uma semente
Que germina
E sem explicação
Apodrece  na eternidade...