Seguidores

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Madona Floripa


Floripa, que Cidade, Que ilha!
Quão generosa foi a mãe natura
Quando desenhou essa maravilha
De inigualável  pintura.

Floripa, que espetáculo, Que ilha!
Mas fiquemos atentos à má-ocupação.
Meu olhar é um farol de milha
Em prol da manutenção.

Se quisermos viver com qualidade,
Temos que pôr fronteira
Na nossa bela madona Cidade.

Preservação deve ser o nosso lema,
Cultura a nossa bandeira
E de amor o nosso poema.

Um comentário:

  1. Esse é seu primeiro soneto? Não me recordo.
    Abs floripáticos

    ResponderExcluir

Muitíssimo obrigado pela sua visita.