Seguidores

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

O Rouxinol e a Rosa



A semente do amor
Em mim e em você
Germinou.
Eu e você juntinhos assim,
Está tão gostoso,
E o melhor ainda nem começou.

Olho pra você e fico fascinado;
Nunca vi um ser  tão irresistível.
Entre todas as estrelas
Você é a mais brilhante.
Entre todas as maçãs
A mais provocante.

Não quero nada,
Nada mais que te amar;
Explorar cada detalhe
Do teu corpo,
Explodir os teus mistérios
De prazer.

Tenho medo de dormir
E sonhar que estou sonhando.
Tenho medo de acordar
E estar sozinho.
Você é minha rosa sem espinho,
Sou teu rouxinol que canta esta eufonia.

Eu e você, “O Rouxinol e a rosa”,
Numa feliz versão onde o Rouxinol
Não precisa morrer pra fazer nascer o amor.
A semente do amor
Em mim e em você
Germinou.
                                                     
                                                                              

                                                                                                                
                                                                           

2 comentários:

  1. Lindo

    O rouxinol canta
    seu amor pela rosa
    Ela sorri
    e se abre toda.

    Um abraço
    Your ciber cister

    ResponderExcluir
  2. Se se mente,a semente não germina
    Se se canta, se encanta o rouxinol!

    ResponderExcluir

Muitíssimo obrigado pela sua visita.